Bruno Motta

as 13h17

Caixinha de Natal

Comentários

Meus porteiros, como vários, me deram um singelo envelopinho com um cartãozinho de natal – significando, como sabemos, que eles adorariam um bônus de fim de ano. Tudo bem, eles tem sido simpáticos e prestativos. Só que, até por ser morador novo, não tenho idéia de quanto dar.
Decidi perguntar aos vizinhos, quando os encontrasse. Só que isso já faz 1 mês. Foi quando notei que eu simplesmente NÃO ENCONTRO meus vizinhos.
Meus horários são tão absolutamente diferentes das pessoas normais , afinal um dia tomo café da manhã meio dia, no outro almoço as onze, o que quer dizer que acordei às nove, as vezes durmo às quatro da manhã, ou sou obrigado a ir pra cama às onze... que não é difícil que eu esteja chegando do trabalho às três da manhã. Nesse horário não tem ninguém no elevador, e se tiver, a pessoa está dormindo segurando sua caixa de pizza (ou envelope suspeito...) do delivery que veio buscar.

E aí? Tenho 4 porteiros. Quanto dou de caixinha de Natal?

PS. Se você for a minha mãe, não se preocupe, nunca vi ninguém com envelope suspeito, eu moro num lugar bacana. Foi só uma piada.
PS 2. Se você não for a minha mãe, ignore o comentário anterior.

Espalhe por aí:
  • Digg
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • Live
  • Netvibes
  • RSS
  • Twitter

CONTATO: contratebrunomotta@gmail.com

Um dos principais humoristas stand up no Brasil, Bruno sempre se mete em enrascada. Ator, redator - e se necessário, apresentador e galã de novela - mas sempre com tempo de contar suas aventuras aqui.