Bruno Motta

as 12h57

Finalmente, sobre o Clodovil

Comentários

Eu quis demorar a escrever sobre o cara. Eu gostava dele.

Não sou desses que gosta depois que a pessoa morre, e assim que ele ficou mal vi que todo mundo começou a achar o Clodovil um santo. Mas eu gostava. Entendia que era uma pessoa dificil (dificílima, dizem), mas eu me divertia com ele. Assistia o A Casa é Sua todos os dias, pra ver ele divagando sobre os assuntos (me impressionava a capacidade de falar meia hora sem parar, dando "conselhos" e tudo mais). Era um solitário porque era passional: fazia amigos que viravam inimigos que viravam ex-inimigos, que viravam nada. E voltava a ser sozinho, como morreu.

Achei curioso que os jornais da Globo, como tradicionalmente fazem, não encerraram sem música, em sinal de luto. Os créditos subiram com a trilha normal. Clodovil não apenas foi um contratado da Globo como sabia fazer TV como ninguém, e era, à gostou ou contragosto, uma excelência parlamentar do país. Enfim, eu não sou a Globo, e costumo saudar os que se vão com uma despedida tradicional. É tarde, mas não ia faltar.

À benção, Clodovil.

Espalhe por aí:
  • Digg
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • Live
  • Netvibes
  • RSS
  • Twitter

as 13h43

Momento Fotolog: Hospital de Mentirinha

Comentários

No caminho para o aeroporto de Congonhas em São Paulo tem esse consultório que sempre achei engraçado. LEGO Medicina Diagnóstica. Quem eles consultam? Legos, Playmobils, Bratz e afins?

O que me deixa curioso é que o cara provavelmente SABIA que "Lego" é uma palavra que já existe. Ou não?

PS. Até o design da placa é meio Legoland.

Espalhe por aí:
  • Digg
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • Live
  • Netvibes
  • RSS
  • Twitter

as 03h11

Fake: sinal do quê?

Comentários

Tem um fake meu no orkut.

Caramba, a primeira vez que fiquei sabendo achei engraçado. Como assim um fake? Eu não sou famoso pra me preocupar com isso. O que torna tudo muito estranho: pessoas deixam recados lá, mandam mensagens e me cobram depois... "porque você não me respondeu?". Não sou eu, por isso!

É um fake simpático, devo admitir. Tem lá minhas fotos, tem até meu telefone, fala bem de mim. Mas não sou eu.

Já tentei tirar do ar mandando mensagens no orkut e não consegui. Então, peço um mutirão público: quem puder ir nesse perfil e denunciar no botão "denunciar abuso" e em seguida "roubo de identidade", por favor, faça, o link é esse.

Espalhe por aí:
  • Digg
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • Live
  • Netvibes
  • RSS
  • Twitter

CONTATO: contratebrunomotta@gmail.com

Um dos principais humoristas stand up no Brasil, Bruno sempre se mete em enrascada. Ator, redator - e se necessário, apresentador e galã de novela - mas sempre com tempo de contar suas aventuras aqui.